O Xangô de Baker Street

O Xang de Baker Street Um violino Stradivarius desaparecido algumas orelhas cortadas e seus respectivos cad veres trazem o famoso Sherlock Holmes ao Brasil por recomenda o de sua n o menos famosa amiga Sarah Bernhardt Por

  • Title: O Xangô de Baker Street
  • Author: Jô Soares
  • ISBN: 9788571644823
  • Page: 366
  • Format: Paperback
  • Um violino Stradivarius desaparecido, algumas orelhas cortadas e seus respectivos cad veres trazem o famoso Sherlock Holmes ao Brasil, por recomenda o de sua n o menos famosa amiga Sarah Bernhardt Por m, aquilo que parecia um pequeno e discreto caso imperial transforma se numa saga cheia de perigos, tais como feijoadas, vatap s, mulatas, intelectuais de botequim, pais deUm violino Stradivarius desaparecido, algumas orelhas cortadas e seus respectivos cad veres trazem o famoso Sherlock Holmes ao Brasil, por recomenda o de sua n o menos famosa amiga Sarah Bernhardt Por m, aquilo que parecia um pequeno e discreto caso imperial transforma se numa saga cheia de perigos, tais como feijoadas, vatap s, mulatas, intelectuais de botequim, pais de santo e cannabis sativa Sem falar, claro, dos crimes do primeiro serial killer da hist ria, que executa seu sinistro plano nota a nota, com not vel afina o e precis o de corte.O brit nico e intr pito detective e seu fiel e desconfiad ssimo escul pio vivem ent o no Rio de Janeiro a aventura de Sherlock Holmes que Conan Doyle se escusou de contar por motivos que ficar o bastante bvios mas que para felicidade do leitor brasileiro J Soares resgata neste romance implac vel e impag vel.

    One thought on “O Xangô de Baker Street”

    1. I'm a fan of Sherlock Holmes. The Arthur Conan Doyle stories, sure, but also some takes on the character by other authors as well. So, of course, I checked this book out from my local public library, thinking I'd enjoy another Holmes mystery.Be warned: this is not a book for Sherlock Holmes fans. Nothing of what makes the character intriguing are to be found here. In fact Sarah Bernhardt, the famed actress, is just about as major a character as Holmes, although it never became clear to me, from [...]

    2. O Xangô de Baker StreetJô SoaresÉ mais uma daqueles textos que você lê e rele várias vezes e continua achando a estória, e principalmente os personagens, maravilhosos. Jô mistura de uma forma hilariante e natural, os personagens fictícios e reais. Além, da precisão histórica dos relatos sobre a vida no Rio de Janeiro, durante o reinado de D. Pedro II.Podemos dizer, na realidade, que este texto é uma mistura de História e Ficção, muito bem realizada e apresentada ao leitor, com um [...]

    3. Muito divertido, cheio de situações muito cómicas, num registo cinematográfico. Foi o primeiro livro de Jô Soares que li e gostei, não desiludiu no registo de humor que esperava, à partida, que fosse o seu.

    4. This book has funny moments , but the story is previsible and the end is a crap. The characters could be more developed . The main character , Sherlock Holmes, has almost no similatities with the real Sherlock. However, you can get a glimpse about the Brasil's historical period.

    5. Un librino carino. Mi è sembrato di leggere Scary Movie se vi piace il genereNon è una lettura che consiglierei o che rifarei ma se proprio vi capita è una storiella che si lascia leggere.

    6. Esse livro foi recomendação de um amigo que, na minha cabeça, tem um gosto literário melhor que o meu se posto na balança a quantidade de clássicos que ele já leu, então toda vez que ele diz que um livro é bom eu meio que me forço a gostar, mas dessa vez não deu. Os pontos que mais chamaram a atenção com relação a esse livro foram 1) Jô Soares e 2) Sherlock Holmes, mas, ironicamente ao extremo, esses mesmos fatores que me fizeram querer ler foram as razões que me fizeram desgost [...]

    7. The one-star rating is for the English translation by Clifford Landers. It's possible I might have rated the original more highly, were I able to read Portuguese. Humour is notoriously difficult to translate, and this translation is so unfunny that I was some way into the book before I realised it was even meant to be a comic novel. (The publishers seem to have realised this too: the author bio cagily describes Soares as a Brazilian "cultural figure", whereas a swift Google reveals that he's bes [...]

    8. Esta é minha primeira resenha em português. No começo deste livro é um pouco chato porque Jô Soares enrola bastante. Eu gostei da idea principal, que Sherlock Holmes vem ao Brasil do pedido do emperador d. Pedro para solver dois crimes relacionados. Lamentavel que Holmes só chegou a seu destino depois de centésima página. Holmes é um doidão neste livro e essa foi outra coisa que não gostei. Esse é muito contrario a minha experiencia lendo livros e assistindo filmes de Sherlock Holmes [...]

    9. Un Holmesiano divertido, entretenido y ameno que narra las andanzas del celebre detective creado por Conan Doyle en el Rio del Janeiro de 1886 en la que se mezcla la ficción con acontecimientos sociales y personajes de la época. Jo Soares presenta al lector un Sherlock Holmes torpe, menos cerebral y analítico e interesado mas en los asuntos del corazón que en esclarecer misterios. Probablemente no guste a los fanáticos incondicionales de las historias del celebre huésped del 221B de la cal [...]

    10. Do ponto de vista histórico cultural, Jô Soares narra detalhademente e descreve surpreendentemente bem características e fatos do Rio de Janeiro imperial, percebe-se que foi feita uma pesquisa a fundo para manter a qualidade. A história mistura irreverência humorística misturando ficção e realidade, tudo isso misturado paralelamente ao universo de Arthur Conab Doyle. A história tem seus altos e baixos como muitos livros, mas bastante intrigante e diferenciada. O livro pode ser tornar mu [...]

    11. I don't know whether this book was awful or brilliant and I just didn't get it. The description of Brazil is insightful and well written, but the portrayal of Sherlock Holmes is a trainwreck, bordering something between mockery and revisionist. I understand that there's humor here, such as with be portrayal of a Hannibal Lector-esque character, but perhaps because I like the character of Sherlock so much, I just don't get the joke of making him look like an idiot.

    12. Linguagem rebuscada e historia bem organizada. Da vontade de conhecer a fundo o Rio de Janeiro. Muito bom!

    13. Originally published in Brazil in 1995 as O Xangô De Baker Street and translated into English in 1997, this novel features Sherlock Holmes and his partner Dr. John Watson being summoned to Rio by the real life actress Sarah Bernhardt who, on the first stop of her 1886 world tour, suggests to the Emperor of Brazil that the famous detective may help him find a stolen Stradivarius violin. While they are on board ship to Rio, matters take a macabre turn as a prostitute is found in an alley stabbed [...]

    14. Rio de Janeiro 1886. A desaparição dum Stradivarius e um assassinato no mesmo tempo provocam a necessidade do imperador invitar a o famoso investigador Sherlock para resolver os mistérios. O melhor: a ambientação no Rio de Janeiro na época do Imperador Pedro II, o estilo direito do Jô Soares, o humor e a ideia de tirar a Sherlock do seu Londres, muitas referencias a personagens da época.O pior: Sherlock perde sua fama de infalível e, além disso, parece um personagem secundário.Em conc [...]

    15. Sorry, I'll PassIt's not a Sherlock Holmes novel, it's not much of a crime novel, and it's not very "comic". It has graphic slice and dice violence. Nothing is solved or resolved. I'm not a Holmes purist and don't demand that Holmes books be particularly faithful to the Holmes canon. But they at least have to be reasonably well written and to some degree entertaining. This just drones on like a bunch of outakes from a Hope/Crosby road picture in which all of the characters are in full-buffoon mo [...]

    16. Na altura em que este livro saiu, à mais de 10 anos, chamou-me logo a atenção! Talvez porque tudo o que relacionava, então, com a imagem do autor era um homem de dimensões alargadas, a levar a mão à boca e, distribuindo beijos invisíveis, proclamar "Um beijo do Gordo". Não era, propriamente, a ideia que fazia de um autor de policiais! Comprei-o, céptica, e devorei-o entre empolgação e gargalhadas.Todos já ouviram, pelo menos uma vez na vida, mencionar o nome de "Jack, o Estripador". [...]

    17. Like so many thrillers, this one revolves around a serial killer who mutilates women. Thank goodness there are rather fewer of those in life than in fiction and film. Another annoying thing is that Soares has seen fit to make this another adventure of Sherlock Holmes, who here prances around Rio swapping cocaine for cannabis and nearly (but of course not quite) losing his virginity to a beautiful mulatto actress. For good measure, he is summoned to Rio through the agency of Sarah Bernhardt, on a [...]

    18. I confess that the point of this novel eluded me.The story alternated between gothic horror, and potty-humor, and the two did not seem to be blended effectively or even to interact in any real way. At best, the whole might be interpreted as a more or less intentional jumble, with no real point at all other than a pretext for combining characters, dialogues and scenes which happened to strike the author's fancy.This might be regarded as adequate point, certainly, if substantially less than brilli [...]

    19. Absolutamente delicioso. É um desafio ler sem sorrir. ou até mesmo rir, e pela primeira vez em algum tempo não consegui adivinhar o final, o que é sempre uma boa surpresa!

    20. A me gli apocrifi holmesiani come idea piacciono molto. Anzi, per dirla tutta: a me piacciono in genere le parodie, perché costringono lo scrittore a cercare di muoversi intorno ai paletti implicitamente posti dall'autore originale. In effetti, è strano che ai tempi della sua uscita non mi fossi preso questo libro con l'investigatore e il fido Watson in trasferta in Brasile, per (non) risolvere un caso di omicidio multiplo. Il risultato, però, mi ha un po' deluso. Ci sono delle scene molto di [...]

    21. Ora aqui temos um Sherlock Holmes muito diferente daquele que Conan Doyle projectou na sua obra. Jô Soares desmonta a personagem de Sherlock Holmes, tornando o detective londrino numa pessoa mais "humana", em grande parte devido aos magníficos ares do trópico brasileiro e a cannabis, em substituição ao ópio que habitualmente consome.Trata-se de uma história em que Holmes não "dá uma prá caixa", sendo constantemente ludibriado pela mente retorcida do assassino. A coisa corre tão mal qu [...]

    22. Rio de Janeiro, 1886. Appelé à la rescousse par son amie Sarah Bernhardt, en tournée dans le pays, Sherlock Holmes, flanqué de l'inévitable Watson, débarque au Brésil pour tirer au clair une mystérieuse affaire : on a dérobé le stradivarius que l'empereur avait offert à l'une de ses maîtresses. Sherlock se lance sur la piste du voleur, mais sa rencontre avec une enivrante métisse et les effets conjugués du cannabis et de la cuisine locale lui font bientôt perdre ses capacités de [...]

    23. I read the German edition!Dieser Roman ist natürlich nicht vergleichbar mit dem Werk des ehrenwerten Sir Conan Doyle. Daher werden die traditionellen Holmes-Fans vermutlich weniger Freude daran haben, als eingefleischte Satiriker.Holmes und Watson kommen auf Bitte des brasilianischen Kaisers nach Rio de Janeiro, um eine verschwundene Geige zu suchen, ein Geschenk des Kaisers an seine Mätresse. Zur gleichen Zeit bringt ein Serienmörder in dieser Stadt junge Frauen scheinbar wahllos auf bestial [...]

    24. Dieses Buch lässt mich etwas ratlos und zwiegespalten zurück. Schon eine Zuordnung in ein bestimmtes Genre fällt nicht leicht. Ist ein Krimi? Oder eine Satire oder doch eine Gesellschaftskomödie? Auch wenn es tatsächlich eine nicht unspannende Krimihandlung gibt, die den Leser bis zum Schluß miträtseln lässt, ist es von allem irgendwie ein bißchen. Schwierig macht es auch der eigenartige (typisch brasilianische ???) Humor, der für meinen Geschmack etwas zu albern war und zuweilen in Ri [...]

    25. Humorous pastiche of Sherlock Holmes by a Brazilian author. Set in Rio de Janeiro during the 1886 tour of the city by Sarah Bernhardt, the famous actress, the equally famous detective attempts to solve two intertwined cases, the theft of a Stradivarius and a series of grisly murders. In the meantime, he creates the Brazilian national drink, coins several modern phrases, becomes a fashion trend-setter, and nearly loses his virginity. Loyal Holmes fans may find the humor too much at the detective' [...]

    26. As the world's most famous fictional detective, Sherlock Holmes receives more than his fair share of pastiche works paying homage to the great man.This isn't one.A delightful blend of bawdy humor, slapstick and poking fun at the "superior" Europeans, this debut novel has Holmes and Watson off to Rio to investigate the disappearance of the Emperor's gift of a Stradivarius violin to his young mistress. By the time they arrive, a series of grisly murders has taken place, and Sherlock is drawn into [...]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *