o Verão de 2012

o Ver o de Durante o Ver o de um psiquiatra e o seu paciente conversam e trocam correspond ncia acerca do confronto entre a vida e a morte Para este di logo s o trazidas mais personagens William Beckford e

  • Title: o Verão de 2012
  • Author: Paulo Varela Gomes
  • ISBN: 9789896711436
  • Page: 458
  • Format: None
  • Durante o Ver o de 2012, um psiquiatra e o seu paciente conversam e trocam correspond ncia acerca do confronto entre a vida e a morte Para este di logo s o trazidas mais personagens William Beckford e outros autores setecentistas que escreveram sobre Portugal, a escritora Frances Brooke, Lenine, Curzio Malaparte Nele interv m igualmente o c u e a terra, os bichos e asDurante o Ver o de 2012, um psiquiatra e o seu paciente conversam e trocam correspond ncia acerca do confronto entre a vida e a morte Para este di logo s o trazidas mais personagens William Beckford e outros autores setecentistas que escreveram sobre Portugal, a escritora Frances Brooke, Lenine, Curzio Malaparte Nele interv m igualmente o c u e a terra, os bichos e as plantas, a hist ria e a situa o de Portugal, o corpo humano e a sua degeneresc ncia medida que o Ver o se desvanece no Outono e se aproxima o fat dico dia 21 de Dezembro de 2012, em que o mundo podia ter acabado, o paciente toma uma decis o cujos efeitos est o altura da cat strofe que pressente avolumar se em si e sua volta.

    One thought on “o Verão de 2012”

    1. Fiquei com muita vontade de ler os livros de Paulo Varela Gomes depois de ter lido o seu texto "Morrer é mais difícil do que parece" publicado na Granta, amplamente partilhado na rede. A sua condição de saúde, que se viria a revelar fatal em Maio 2016, junto com uma frontalidade e autenticidade descritiva, e plasmada numa escrita vertiginosamente bela, não deixou ninguém indiferente.Este livro foi escrito já conhecedor do destino que o aguardava, e por isso não é estranho ao tipo de es [...]

    2. Gostei de ler Paulo Varela GomesPerante a sentença de morte a que foi condenado pelo destino, mostra-nos duas facetas da condição humana:1ª, de amor, da consciência do mundo e da simbiose entre o homem e a natureza. 2ª, de revolta, desespero, de não querer aceitar os defeitos do ser humano, a avareza, a subjugação do homem perante homem. Tudo na natureza é perfeito, tudo no homem é imperfeito (não porque porque tenha que ser assim, mas sim, porque o homem assim o quer).Nota: confesso [...]

    3. «Durante o Verão de 2012, um psiquiatra e o seu paciente conversam e trocam correspondência acerca do confronto entre a vida e a morte».É este o mote desta obra (citado da sinopse da editora), que, penso, terá aspetos biográficos, já que, tal como P a personagem principal, que aliás só conhecemos através do narrador, o seu psiquiatra, também o escritor Paulo Varela Gomes sofria de doença incurável (viria a morrer em 2016).Paulo Varela Gomes não só divaga sobre a vida e a morte, m [...]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *