One thought on “Early Joys”

  1. Quando peguei neste livro numa banca de alfarrabistas na feira do livro de Lisboa, jamais teria acreditado que um autor russo cujo nome desconhecia e que pelos vistos não estava na mente de ninguém meu conhecido poderia ter suscitado em mim um certo entusiasmo.Surpreendeu-me que ao investigar Fedin, este fosse um autor soviético tão galardoado e no entanto tão desconhecido e quase desprezado num meio de autores como Gorki, Tolstoi ou Dostoievski.Ao longo da obra, passada num ambiente pre-re [...]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *